Blog

27 Maio 2015

Amar-te

||
0 Comment
|

Amar-te a todo instante
E não somente
Amar-te, sempre
E não unicamente querer
Amar-te por um momento
Eternamente
Amando-te sem querer.

Será por mim, por ti, por nós?
Sim, se o tempo existe
Neste momento de Soma
E divisão
Não sei se minha metade
Completa a ti só e sempre
Amar-te
Meramente por amar.

Se, deste bendito céu
Cai este anjo
A dar-me a mão
Se neste universo pleno
Não me cabe
Ou completa a minha plenitude
Simplesmente: Amar.

Amar-te
Aqui, em qualquer lugar
Num big-bang
Ou num táxi-lunar
Amar-te eternamente
Sem medo
Entregue inteiro
Em tua perfeição
Amando-te
Só por te amar

Deixe um Comentário